bateras1

Didi Fernandez, tem 40 anos, é nascido em Maringá–Pr. Começou a tocar bateria aos 13 anos como autodidata. Desde sempre chama atenção por onde toca devido a sua técnica, viceralidade e criatividade.

Já teve como orientadores nomes como Gilson Corsaletti, criador do curso Ritmo, Dámaso Cerruti, mestre baterista que já lecionou em instituições como: Faculdade de Musicoterapia do RJ, Universidade Federal do RJ, Universidade Federal de Belo Horizonte e Escola de Música do Espírito Santo, Paganini (Vencedor do Concurso Nacional 2002 Batuka) e Giba Favery (Coordenador do curso de bateria na Escola de Musica e Tecnologia em São Paulo).

Participou como aluno do Festival de Musica de Londrina em 1998/1999 tendo aulas com Sergio Rezze e Nenê. Ainda nos anos 90 gravou o cd “Through Caos and Disharmony” e

excursionou por países como República Tcheca e Inglaterra com a banda Core.

Foi professor e proprietário da escola de bateria PULSO em Londrina-Pr entre 1998 e 2006. De 2000 a 2006 foi sócio proprietário do estúdio de gravação fonográfica e ensaio TNT, Londrina-Pr.

De 2000 a 2007 foi baterista da Banda Subtera, com quem gravou 03 álbuns: Discord (2001), Nothing and Death (2002) e Apocalypsed (2005) e excursionou diversas vezes pelo no Brasil e América Latina, atuando em mais de 300 apresentações ao vivo.

Foi sócio-fundador da empresa de eventos Madame X Produções LTDA, onde atuou de 1996 a 2004 como responsável pela parte administrativa. Organizando e realizando nesse período mais de 30 shows nacionais e internacionais. Em 2006 foi matéria da Revista Batera, edição 103, falando sobre o lançamento do disco Apocalypsed da banda Subtera, e de sua técnica explosiva e criativa de tocar bateria.

Em fevereiro de 2009 foi convidado pelo site www.obaterista.com a falar sobre sua incrível técnica de dois bumbos, bem como sobre sua técnica de golpeamento para mãos: https://www.youtube.com/watch?v=fq0SHTx87i8

Morou em São Paulo de 2006 até o 2012 onde lecionou bateria no Instituto Bateras Beat (Maior rede de escolas de bateria do Brasil) e nas escolas Virtuose e Khoros. Gravou varios discos e músicas como baterista contratado no Estudio Lamparina. Estudou como bolsista na Escola de Musica & Tecnologia em 2011.

De 2008 até o momento é sócio proprietário da marca Goorila Batera – bateria silenciosa. www.goorilabatera.com

Após voltar de São Paulo é proprietário/professor da escola Pulso de Bateria em Londrina.

Responda